sexta-feira, julho 22, 2005

Amor

Estou desiludida. Comigo, sim…mas não é disso que quero falar.
Cada vez mais me apercebo que as pessoas são tristes. Leio, oiço, contam-me histórias desta e daquele que sofrem. Como se cada um de nós tivesse uma cruz enorme e a carregasse por amor.
Vejo casamentos e pessoas infelizes, traições, infidelidades, sexo sem sentimentos, hipocrisia, falsidade.
Não estou a criticar e quem me conhece sabe que mesmo que quisesse, não podia…mas será que há alguém feliz?
Não digo feliz com o trabalho, a família ou os amigos. Isso acho que mal ou bem todos o somos e muitas vezes queixamo-nos sem razão, temos saúde, tecto e comida.
Mas haverá alguém que não passe o dia a questionar-se sobre a sua paixão? Haverá alguém que não tenha sofrido já tanto que pensasse que a dor o ia matar?
Porque é que o Amor pesa tanto nas decisões e na vida?

Se é ele que move este Mundo, porque é que não é simples encontrá-lo?