segunda-feira, fevereiro 06, 2006

Modernices.

Final de tarde de Domingo com os meus pais, entre imperiais, cadelinhas e navalheiras:

- Paiiiiiiiii, quero um mp3!...
- Queres o quê????!!!!!
- Um leitor de mp3, para ouvir música. Mas um com entrada de USB, com cabo… e pergunta se há um cabo que dê para tirar as músicas do mp3 para o telemóvel.
- Entrada de quê, filha???
- USB!, perguntas a um empregado que ele sabe.
- Mas isso é para ouvires música como filha? Com mini-disc??!
- Não, tira-se a música do computador para o mp3.
- Ah, com o cabo?
- Com o cabo ou com a entrada de USB. E vê bem a capacidade, tem de ter mais de 256 megas.
… E também há o iPod, mas é mais caro…dá para fotos, vídeos e para músicas.
- Então um iPod é melhor?!
- Claro!
- Espera, vou apontar aqui num papel… Mp3, megas, cabo, iPod…
- O melhor era eu ir contigo…

Ontem fui para a cama eram nove horas. Por favor, expliquem-me quem é que vê o Trio Maravilha? E as 7 vidas, ou lá como isso se chama? Pior, quem é que fica á espera para ver o Inspector Max e logo a seguir os Serranos? O meu DVD está a arranjar e eu ainda não tenho TV Cabo….É triste ser pobre.
Fiquei deitada debaixo do peso dos cobertores a ouvir música, no escuro…Fiquei assim horas, não sei quantas…lembro-me de ser quase meia-noite a última vez que olhei para o relógio.
Pensei, pensei, pensei…em tudo, em nada, em pessoas, em sítios…no presente, futuro.
E não fiquei triste, é como se estivesse conformada. Feliz só por existir. Com força para esperar. Com vontade de sorrir.