terça-feira, agosto 22, 2006

Soro da verdade















Voltei ontem ao trabalho. Não, não estive de férias…estive internada com uma pielonefrite aguda (infecção renal…)
Eu bem dizia que me doíam os rins, as pernas e que andava muito cansada…
Depois de um dia de cão, cheia de febre e de dores, fui ás urgências… depois de muita “palpação”…:
-Vais ficar internada, se for o que desconfio ficas uns dias a fazer antibiótico intravenoso…
E fiquei. Depois de muitos exames, uma ecografia deu de caras com as pedras no rim direito!
Tira sangue, muda o soro, mede a febre, mede a tensão…enfim, coisas normais de hospital.

Foram 6 noites sem dormir contigo.
A primeira noite que dormi em casa, abraçaste-me o tempo todo e se me mexia, apertavas-me contra ti como se não me quisesses deixar fugir.
E desde aí, parece-me que voltámos ao início de tudo…Dou contigo a olhar para mim com um sorriso nos lábios, o nosso abraço é especial, amamo-nos cada vez com mais intensidade, dizes que me amas de manhã, á tarde e á noite, trocamos mensagens durante o dia que mostram o quanto queremos chegar a casa, estar nos braços um do outro, sem roupa, sermos um só…

É tão bom que ás vezes não parece verdade…